Outubro Rosa: Exames e Prevencão Contra Câncer de Mama

By 28 de outubro de 2014 Geral

Equipe Enlink na Campanha Outubro Rosa

O outubro se vestiu de rosa e a gente da Enlink também!

Tiveram muitas campanhas esse mês e isso é muito importante para relembrar todas nós de nos prevenirmos desta doença terrível que é o câncer de mama. Aliás, todas e TODOS nós, porque HOMENS também podem ter câncer de mama, sabiam? Cerca de 1% dos casos dessa doença são em pessoas da sexo masculino. Fiquem espertos!

Então além de nos unirmos na divulgação da campanha, resolvemos reunir mais informações sobre diferentes exames preventivos e outros cuidados.Se ainda não está se cuidando, aproveite o #OutubroRosa para começar!

Principais métodos para detectar o câncer de mama:

1) Autoexame: fazer todo mês, sempre de sete a 10 dias após o início do ciclo menstrual (mulheres que não menstruam devem determinar um dia específico para repetir o autoexame todo o mês). Procure por:

  • Caroços nas mamas E axilas: os que são indolores, duros e irregulares têm mais chances de ser malignos, mas há tumores que são macios e arredondados. Procure conhecer bem o seu corpo e qualquer ponto diferente que notar em seus seios ou axilas consulte um médico mastologista (mesmo que pareça apenas um nódulo de gordura)
  • Inchaço em uma parte do seio
  • Irritação da pele ou aparecimento de irregularidades, como covinhas ou franzidos, que fazem a pele se assemelhar à casca de uma laranja
  • Dor ou inversão do mamilo para dentro
  • Vermelhidão ou descamação do mamilo ou pele da mama
  • Saída de secreção (que não leite) pelo mamilo

2) Exame clínico: visite um ginecologista pelo menos uma vez ao ano e faça o exame de toque. Se encontrar qualquer anormalidade, peça mais exames!

3) Ultrassom das mamas: caso sejam detectadas alterações no exame clínico, o ultrassom é geralmente o próximo exame a ser feito em mulheres com menos de 30 anos (por ter menor custo). Já em mulheres com mais de 40 anos, o próximo exame seria já a mamografia

4) Mamografia: mulheres com mais de 40 anos devem fazer o exame anualmente ou a cada dois anos; no caso de mulheres com câncer na família, a mamografia pode ser feita a partir dos 25 anos de idade, começando 10 anos antes do caso mais precoce entre as parentes que tiveram a doença (por exemplo, se uma mulher descobriu um câncer de mama aos 40 anos, sua filha deve começar a fazer mamografias anualmente aos 30 anos); ou ainda em mulheres de qualquer idade, que fizeram exame de Ultrassom e o resultado apresenta algo que precisa ser melhor analisado

A mamografia é o único exame capaz de detectar microcalcificações, que dependendo de sua forma ou distribuição, podem indicar a presença de um câncer inicial, com grande potencial de cura

5) Biópsia: caso seja detectado um tumor, pode ser necessário realizar uma biópsia para identificar se é benigno ou maligno (câncer)

6) Além dos pontos acima, pessoas com caso de câncer familiar, sejam mulheres ou homens, devem buscar um ONCOLOGISTA e verificar se é necessário fazer um exame para saber se são portadores de mutação genética, que favorece o desenvolvimento de câncer de mama.

Pois é, parece bastante coisa mesmo! Mas é possível incluir esses pontos na nossa rotina e possivelmente nos poupar de muitos problemas e sofrimento!

Prevenção câncer de mama
Outras Dicas para Prevenção

Além dos exames, procure sempre se informar e pesquisar à fundo possíveis problemas na sua saúde, da sua família e amigos. Algumas dicas são:

  • Pesquise: em fontes seguras na Internet e com amigos/conhecidos que já passaram por algo similar
  • Pergunte: leve uma lista de perguntas ao consultório médito e questione as decisões do profissional (não para confrontar, mas para entender)
  • Pergunte de novo: se tiver algo incomum acontecendo, ouça segundas opiniões (terceiras, quartas…) de outros médicos
  • JAMAIS confie em “achismos”, como: “Ah, não deve ser nada, só um nódulo de gordura!”. Pois apesar de ser o que a gente quer ouvir…pode custar caro! Ficou na dúvida? PEÇA, IMPLORE, EXIGA mais exames.

E isso vale para qualquer problema de saúde e em qualquer idade!

Tem só 20 e poucos anos e acha que ainda não precisa fazer mamografia, mas encontrou algo diferente em um exame? FAÇA O ULTRASSOM OU MAMOGRAFIA! Na mamografia encontraram um tumor que parece benigno? Se informe e peça uma BIÓPSIA, se achar necessário. “O seguro morreu de velho” é um sábio conselho nesses momentos.

Infelizmente eu aprendi sobre esses pontos na marra…quando minha mãe teve câncer de mama e tudo que apontei ali em cima de fato aconteceu. Ela detectou algo no autoexame, mas um médico “achou” que estava tudo bem, então ele não pediu mais exames e ela foi embora aliviada (na hora do medo a gente congela, fica sem saber como reagir mesmo).

Com as informações certas talvez ela não precisasse ter corrido riscos tão grandes, ter feito uma cirurgia tão invasiva, ter feito quimioterapia. Talvez ela não precisasse ter pensado que aqueles poderiam ser seus últimas dias…

Felizmente a história da minha mãe guerreira teve final feliz: ela SE CUROU e ainda SAMBOU NA CARA DO CÂNCER, quando 2 anos depois teve mais um bebê, substituindo o medo e a doença pelo dom da vida, pelo dom de viver <3

O desfecho da história foi lindo, mas com certeza ninguém quer passar por algo assim! Só que no dia a dia a gente esquece de se cuidar, por isso decidi compartilhar essas coisas que aprendi em uma experiência tão dolorosa e talvez ajudar algumas pessoas a se prevenirem. Então se você ainda não está se cuidando, aproveite o Outubro Rosa pra começar =)

Venha SAMBAR NA CARA DO CÂNCER você também!!


Fontes:

http://www.mulherconsciente.com.br/cancer-de-mama/sobre-o-cancer/#sintomas
http://www.sbmastologia.com.br/cancer-de-mama/rastreamento-diagnostico-cancer-de-mama/ultrassonografia-mamaria-16.htm
http://www.minhavida.com.br/saude/tudo-sobre/16864-mamografia-exame-detecta-o-cancer-de-mama
http://drauziovarella.com.br/mulher-2/cancer-de-mama-familiar/
http://www.cancerdamama.com/sintomas-e-diagnosticos/cancer-de-mama-no-homem/

Comments

comments

Manuela Sanches

About Manuela Sanches

Formada em Comunicação Social pela UFPR e com MBA em Gerenciamento de Projetos pela FGV, Manuela começou a trabalhar com Marketing Digital em 2007, na Mídia Digital (atual agência Casa) e em 2009, fundou a agência Enlink.

Leave a Reply