Como ter Blog de Sucesso

por 1 de agosto de 2012Marketing de Conteúdo

O serviço de blogs começou a ser utilizado no Brasil em 1998, uma época em que a maioria das pessoas padecia à mercê da conexão discada e do pequeno número de usuários existentes na web. Desde então, a plataforma mantém seu formato de “diário de bordo online”: o autor compartilha informações importantes de seu dia-a-dia nas mais diversas formas.

Hoje em dia, empresas de grande porte tem visto nos blogs uma maneira de se aproximar de seus clientes, uma vez que a abordagem natural, extrovertida e intimista proporciona uma relação mais próxima e fiel entre usuários e marcas.

Além das empresas, muitas pessoas também encontram nos blogs a chance de visibilidade que tanto queriam. Porém, para se tornar um blogueiro famoso e bem quisto pelos usuários, algumas medidas devem ser tomadas:

1. Traçando um perfil

Quais são as características que os blogueiros famosos tem em comum?

– Ousadia: conteúdo inusitado gera buzz inusitado. A primeira marca de um blogueiro famoso é a característica irresistível de seus posts;

– Criatvidade: é, por mais clichê que pareça, temos que mencionar a criatividade como um dos pontos fortes de todo blogueiro famoso. Mais à frente tem umas dicas relacionadas a esse tópico;

– Paixão: como diria Chico Buarque “sem um carinho, ninguém segura esse rojão”. Ter um blog de sucesso é uma responsabilidade enorme e dá trabalho. A paixão, nesse caso, entra como mola propulsora para o sucesso;

– Pontos fortes e fracos: perceba o que você realmente não gosta de fazer e deixe de lado. Tarefas chatas/estressantes/que não dão prazer levam à procrastinação, o que atrapalha a produtividade, a criatividade, o desenvolvimento do blog, entre outras coisas.

Aqui tem um infográfico do YouPix  bem legal falando sobre o perfil dos blogueiros no Brasil:

2. Escrever, escrever, escrever

Afinal de contas, um blog vive de conteúdo. Dentro daquele cronograma, que tal reservar algumas horinhas por dia para exercitar o hábito da escrita? Além de tornar tudo mais fácil, ideias boas têm menos chance de serem perdidas. Algumas técnicas podem ser utilizadas nesse caso:

– Caderneta de ideias: tenha sempre à mão uma caderneta para anotar ideias, títulos de posts, palavras soltas e informações que podem virar um bom conteúdo;

– Leia: bem que as professoras de português da escola sempre falaram, quanto mais você lê, melhor você escreve;

– Descubra as necessidades: nós gostamos de ler sobre coisas que têm a ver com a gente, certo? Além de sempre reler os posts mais comentados e compartilhados, para ver quais assuntos são mais interessantes ao usuário, porque não utilizar a ideia de algum leitor para fazer um post? Aqui no blog da agência tem um artigo bem legal falando sobre a importância de ouvir o buzz dos seus clientes.

– Escreva sem compromisso: apenas escreva, deixe fluir as palavras pelas pontas dos dedos. As melhores ideias são geradas naturalmente;

– Mude, invente e reinvente: e aqueles dias em que a criatividade resolve tirar umas férias? Até para isso existem dicas. Rearranje os móveis do local onde você está. Não funcionou? Saia de casa/escritório: mudar de ambiente faz toda a diferença. Se não acredita, dá uma olhadinha nesse post: 20 Reasons Why Creative People Work in Cafes.

3. Cronograma

Acho que a imagem fala por si só, não é mesmo? Sem planejamento não vamos a lugar algum, e ainda corremos o risco de dar tudo errado. Tenha sempre os cinco próximos posts esquematizados e organizados, de modo a não perder o ritmo e força da sua página.

4. Tipos de conteúdo

Variar o tipo de conteúdo postado é uma ótima dica para atrair internautas. Hoje em dia ninguém mais quer saber de mesmice. Aqui vão algumas ideias de tipos de conteúdo “viciante”:

– Reviews e tutoriais: explicar coisas que nem todo mundo sabe é muito interessante. Por exemplo, se você tem um blog de games, pode avaliar um jogo novo. Se o seu nicho é o de moda, que tal falar sobre qual sapato combina com qual roupa? Os usuários adoram esse tipo de ajuda;

–  Listas e dicas: fazer posts com títulos como “10 dicas para link building” é relevante porque listas são mais “fáceis” de ler, uma vez que o conteúdo é simplificado. Além disso, são dicas válidas para o usuário, que se beneficia com esse tipo de conteúdo;

– D.I.Y.: os posts com título de “Faça você mesmo” são muito bons, uma vez que você faz com que o usuário possa interagir com você e com as outras pessoas que acessam seu blog. Uma boa ideia para complementar esse tipo de post é, ainda, pedir que seus clientes enviem fotos do produto final, a fim de comparar estilos e opiniões sobre o assunto;

– Pontos negativos: porque todos acham que sabem o que está certo, mas quando você comenta sobre o que não fazer dentro do nicho, o interesse é ainda maior – além de criar uma discussão saudável entre especialistas da área;

– Pesquisas e notícias: saber as novidades sobre o nicho é sempre interessante para os usuários – e quanto mais novo, melhor;

– Infográficos, imagens e vídeos: esses são os tipos de conteúdo que mais têm chances de se tornar um viral. Imagens, infográficos e vídeos são interessantes porque transmitem várias informações de uma só vez, além de as cores estarem diretamente relacionadas com o interesse dos usuários.

5. Facilite o compartilhamento

Por fim, mas não menos importante, facilite o compartilhamento. Como fazer isso?
Existe uma série de maneiras de instalar plugins de redes sociais. Tanto o WordPress quanto o Blogspot oferecem a possibilidade de criar caixas de diálogo que mostram o status da rede social, dando acesso ao feed do Twitter e aos likes do Facebook.

Existe também a possibilidade de inserir um box flutuante com vários botões de redes sociais, como o pessoal do Ferramentas Blog ensina aqui.

Pra encerrar o post, tem alguns links que podem ajudar você a se inspirar ainda mais:

A importância das Mídias Sociais (vídeo, em inglês): http://www.youtube.com/watch?v=3SuNx0UrnEo

Infográfico sobre porque se deve ter uma base de fãs.

Em inglês: Linkbait: Good content isnt good enough

Em português: Conteúdo: O Preto do Marketing Digital

Recomendamos para você

Comments

comments

Alice Maneschy

Sobre Alice Maneschy

Trabalha na Enlink desde março de 2012, onde começou como link builder e novata na utilização de SEO - pelo qual se apaixonou e, desde então, não passa um dia sem respirar novidades sobre o nicho. Fotógrafa amadora, viciada em música e seriados, blogueira da cultura underground e cinéfila.

4 Comentários

Faça um comentário