6 Dicas Ninjas para Blog Corporativo

6 Dicas Ninjas para Blog Corporativo

Para criar relacionamento, engajamento e melhorar a comunicação entre empresas e clientes de uma maneira eficiente e, relativamente, segura, o blog corporativo é uma das ferramentas mais indicadas.

Certamente, você já leu essa informação em algum blog, certo? Aqui mesmo já falamos como Como se tornar um blogueiro de sucesso. Por isso, a questão aqui: é como criar um blog corporativo que seja, a uma só vez, interessante e divertido? E por onde começar?

Pensando nisso, criamos este post para apontar seis fatores/dicas que devem ser observados durante a criação e manutenção de um blog corporativo.

Foto: Free Digital Photos

Pesquisa e planejamento
Esta é uma orientação para a vida. Antes de se lançar em uma nova ação, é preciso conhecer o território, analisar quais as condições e, claro, ver o que seus “concorrentes” estão fazendo. Encontre os blogs que, dentro de seu nicho, já obtiveram êxito, conferindo qual a abordagem e a postura que lhe garantiram sucesso.

Mirar-se em bons exemplos é sempre bom e, além disso, se o seu objetivo é se tornar referência em sua área, em algum momento, você precisará de indicações e, porque não, a de um “expert” no assunto?

Estabeleça objetivos claros
Saber onde se pretende chegar facilita a escolha de ferramentas e direciona melhor seus esforços. Alguns objetivos – e benefícios – que podem ser alcançados com um blog corporativo:

– Gerar leads e vendas;
– Melhorar o relacionamento com os clientes;
– Aumentar a visibilidade de produtos e serviços;
– Criar uma identidade.

Outro ponto que deve interferir em suas ações é o fato de que, por ser uma ferramenta dinâmica, o blog ajuda manter o interesse do cliente ou mesmo despertá-lo. Nesse sentido, é preciso lhe oferecer algo. E quando o assunto é web, onde os blogs são uma das mais importantes plataformas de produção de conteúdo, ofereça-lhe conteúdo relevante, de qualidade, com frequência e terá um público fiel.

Conteúdo
O conteúdo pode ser considerado a espinha dorsal de seu blog. Por isso, é preciso construí-lo com cuidado, equilibrando a escrita entre os leitores e os buscadores. Ou seja: o texto precisa ser otimizado, com palavras-chave relevantes, entre outras técnicas deSEO aplicadas a blogs, mas sem descuidar, em absoluto, das demandas e interesses do seu público.

Lembre-se que não é necessário escrever apenas sobre a sua área de atuação. Assuntos e temáticas relacionadas devem ser exploradas, o que garante a promoção de aprendizado e amplia o alcance da sua influência na rede.

Além disso, não se esqueça que conteúdo é mais que produção de textos, em seu sentido estrito. Infográficos, fotos, slides e vídeos são boas alternativas e, sobretudo, diferenciadas.

Para mais dicas sobre como encontrar pautas, viralizar seu conteúdo, gerar buzz positivo e muiro mais? Seus problemas acabaram, temos aqui nesse lindo e querido blog uma categoria só sobre conteúdo.
Equipe
Uma das vantagens de escrever é o aprendizado que advém desta ação. Assim, o ideal é contar com colaboradores fixos para o blog. Visto que nem todos os profissionais têm interesse ou habilidade para a escrita e, que essa é uma ação que demanda tempo e criatividade, para não sobrecarregar determinado funcionário, é interessante promover “rodízios”. Do mesmo modo, diferentes temas podem ser explorados.

Essa também é uma estratégia bastante eficaz para tornar o CEO e demais profissionais verdadeiros “experts” no assunto.

Organização do blog
Usar um domínio integrado ao site da empresa – por exemplo, o nosso:enklinkbuilding.com.br/blog – é a melhor saída, pois, dessa forma, seu blog será mais facilmente encontrado e, além disso, para cada link que o blog receber, todo o domínio será fortalecido.

Mais especificamente sobre organização, crie categorias e listas para separar seus posts. Assim, o internauta encontrará rapidamente o que procura. Essa divisão e o uso de categorias permite que artigos relacionados sejam exibidos para o leitor o instigando a permanecer na página por mais tempo.

Divulgação
As redes sociais são o melhor meio para se propagar conteúdo. Por isso, caso não possua perfis, crie-os. No Brasil, as maiores e mais usadas são o Facebook e o Twitter, sem esquecer o Orkut. Para ter certeza de que é aí que seu público está, faça pesquisas e esteja onde ele estiver.

Em resumo
Ao investir em um blog corporativo, com a real intenção de transformá-lo em um canal de comunicação com o leitor, é preciso estabelecer objetivos claros, mensuráveis e tratá-lo com seriedade. Não é um trabalho a ser delegado “ao sobrinho que manja de internet”. Lembre-se que essa é a melhor ferramenta para humanizar a identidade da empresa e que o que é lançado na rede dificilmente será apagado. Por isso, um bom trabalho garante que uma boa imagem seja perpetuada.

E lembra que falamos há pouco sobre mirar-se em bons exemplos? Então, abaixo seguem alguns blogs corporativos que são sucesso. Enjoy!

Blog Tecnisa: o primeiro blog corporativo do mercado imobiliário, como está explicitado em seu título. Os conteúdos são relacionados principalmente às dúvidas dos clientes, esclarecidas com dicas e informações de maneira acessível;

 Blog da Lu: com a criação de uma atendente virtual, a Lu, o Magazine Luiza oferece aos seus clientes bem mais do que ofertas. São conteúdos explicativos e interativos sobre diversos temas, que a cada dia conquistam novos seguidores e um público fidelizado;

 Meninas e Sapatos: é o blog da Bottero que não apresenta apenas os produtos da marca, mas também as tendências e as novidades do mundo da moda, não se restringindo aos sapatos.

 Se você já conhece os três exemplos citados ou se lembra de outros blogs corporativos de sucesso, compartilhe!

Comments

comments