O que é um ativo linkável e como utilizá-lo a seu favor?

O que é um ativo linkável e como utilizá-lo a seu favor?

Antes de identificar e saber como utilizar um ativo linkável de seu site, a seu favor, vamos entender o que é: ativo linkável é o que você tem de especial e atrativo em seu site, que já geram links naturais ou poderão gerar a partir de um planejamento.


Sabe aquela propaganda super engraçado que a sua empresa tem no ou o widget de notícias do nicho que você criou? Eles estão na lista dos principais ativos linkáveis e com um pouquinho de dedicação, podem trazer qualidade e quantidade de links para o seu site.

Vamos classificar alguns deles e veja se sua empresa ou cliente se identifica:

– Infográfico

Para iniciar a criação de um infográfico, o ideal é listar possíveis assuntos relevantes ao nicho e a partir daí, fazer uma pesquisa de volume de busca de cada tema, ou, qual está sendo mais abordado no momento. Além dos links naturais que essa página irá receber, ferramentas como diretórios de infográficos ou bookmarks de imagem, que estão em alta, podem ser grandes aliados para o compartilhamento do material.

– Vídeos

Como falamos no começo, sabe aquela propaganda super engraçada que a marca criou? Ela pode se tornar um viral e gerar muitos links para o seu site e o exemplo disso é a campanha do Emprego Certo.

– Calendário de Eventos

Que tal criar um calendário de eventos anuais? Crie uma lista com os principais eventos do nicho e disponibilize em seu site! Ah, não esqueça de manter atualizado 😉

– Produtos e serviços

Produtos, serviços e promoções podem ser uma boa forma de conseguir links para o seu site. Procure sites que aceitam estes tipos de ativos e aposte neles: envie ou disponibilize o seu serviço para avaliação!

– Imagens e informações

Se você possui uma forma de pesquisa diferente ou inovadora, ou ainda possui imagens exclusivas, promova-as para conseguir mais links! Crie um banco de imagens e disponibilize um arquivo para download.

– Especialistas e gurus

Entrevistas feitas com especialistas de renome na sua empresa ou no segmento. Vídeos são bem atraentes, que tal gravar a entrevista ao invés de redigi-la? Pod Casts também são uma ótima alternativa: reúna 2 ou 3 gurus do seu segmento para discutir determinado assunto.

– Conteúdo

Como diz nossa querida colega Aline, Conteúdo é o novo “preto”: desenvolver conteúdo de qualidade e informativo, atrai pessoas interessadas no assunto e se o seu conteúdo for exclusivo, irá surgir links de forma espontânea. Facilite o compartilhamento, adicione botões de redes sociais de forma visível e fácil de ser usada.
Se você tem um exemplo de conteúdo de qualidade em seu site, fica muito mais fácil a aprovação de guest post, pois você irá ofertar conteúdo no mesmo nível, o que torna mais atraente a proposta de guest post.

– Vagas de empregos, eventos ou cupons

Divulgue oportunidades de emprego para as pessoas do ramo. Anuncie em sites de eventos os que você participa ou promove. Ofereça desconto para os sites da área quando lançar um novo produto.

– Games

Sabe a Luiza? Sim, aquela que estava no Canadá… Ela ganhou um jogo logo após ter ficado famosa na internet por causa de seu meme e todo mundo queria colocar a Luiza pra esquiar. Desenvolver um jogo relacionado ao seu nicho ou aproveitar algum assunto que está sendo discutido na web,  é uma grande ideia e algumas pessoas passarão horas e horas jogando em seu site e se de fato gostarem, irão compartilhar nas redes sociais!

– Ferramentas online

Widget de notícias do seu segmento, ferramentas de controle de gastos, calendário com grandes eventos da área e cotação do dólar podem ser uma ótima tática para atrair links para seu site. Mais uma vez, levante assuntos em alta no seu nicho e desenvolva a partir daí, uma ferramenta que vá facilitar o dia-a-dia do seu cliente e que seja de extrema utilidade. Não esqueça de deixar visível o código para o compartilhamento!

Ok, analisei o site e identifiquei alguns dos ativos linkáveis citados ou tenho a possibilidade de desenvolver, e agora?

– O primeiro passo é listar as URLs com possíveis ativos linkáveis e transformar esse ativo em prospect, ou seja, oportunidade de backlinks.

– Para que essa oportunidade de backlinks aconteça, faça um levantamento focado em sites do segmento da URL trabalhada e para esse levantamento, você pode utilizar footprints para facilitar no levantamento, como é mostrado no slide “Processo para Aquisição de Links”, do Fábio Ricotta . Perder tempo com sites de baixa qualidade para um conteúdo tão excepcional não ajudará em seu objetivo final;

Analisar seus backlinks também pode ajudar a definir qual ativo linkável gera mais links para o site e, à partir daí, dedicar mais tempo para essa URL. Existem algumas ferramentas gratuitas para análise de backlinks, como a BacklinkWatch!, LinkDiagnosis e Back Link Analyzer;

– Analise qual ativo linkável é mais compartilhado nas redes sociais e no caso do Twitter, ferramentas como a Backtweets  ou até mesmo a própria busca do Twitter, pode te ajudar a mapear esse compartilhamento.

Completando todas essas etapas, o ideal é criar um documento com todas essas URLS e sites levantados para o compartilhamento, divididas por prioridades e começar o trabalho. Lembrando sempre que conteúdo de qualidade, não importa o formato, gera links espontâneos, então, corre e coloque sua criatividade para trabalhar 😉

Existe outro ativo linkável dentro do seu site que não foi citado? Compartilha nos comentário! 🙂

Comments

comments