Guest Post: dicas para encontrar e avaliar oportunidades

Guest Post: dicas para encontrar e avaliar oportunidades

guest post ou guest blog é a tendência do momento para link building. Escrever um post como convidado de um blog pode ser uma estratégia que traz benefícios para o marketing digital, pois é um meio de atrair usuários e um público do mesmo nicho da empresa que talvez ainda não conheça o blog/site, além disso, faz parte das atividades consideradas “white-hat” em SEO (se feito corretamente).

…………….……….guest-post-.……

A principal vantagem do guest post é que através dele é possível conhecer novas opiniões do nicho, manter um relacionamento saudável com os influenciadores diretos do mercado e estabelecer uma nova interação de visitantes com o site. Fora que a divulgação da empresa em um site de qualidade também conta muito!

Na verdade, o que faz esta estratégia tão popular é o fato de que estar neste mundo tão social e lidar com as transformações rapidamente, faz com que pessoas e empresas precisem, obrigatoriamente, tornar-se social também, não é? Ou seja, quem ainda não se esforça para conhecer seu próprio público e participar ativamente do mercado, tende a perder força, espaço, tráfego de qualidade e principalmente as oportunidades de relacionamento e valor, pois é isso que a estratégia de guest post busca fortalecer.

Diante desses benefícios, é possível verificar a importância da estratégia para divulgar um conteúdo de qualidade, variado, exclusivo e atual, para uma audiência totalmente relacionada ao nicho. Parece fácil, não é? E seria, se todos os blogueiros aceitassem este tipo de ação, mas infelizmente ainda não é a realidade. É preciso pesquisar e muito!

Por isso, aqui vão algumas dicas para começar o levantamento e avaliar os sites que encontrar, que são dois passos importantíssimos em uma estratégia de guest post.

Comece pelo levantamento!

Existem diversas formas de encontrar sites, a Alice até já passou algumas dicas, mas existem outras ferramentas, pagas e gratuitas, que podem ajudar muito na hora do “sufoco”.

1– Sites similares

Já encontrou um site legal, mas ainda precisa de outros? Então, a dica é baixar a ferramenta Similar Sites, disponível na loja de aplicativos do Chrome e para outros navegadores também.

A partir de um site, esta ferramenta mostra outras opções com conteúdo semelhante. Não é muito confiável, mas pode ajudar um pouquinho se precisar.

similar sites

Ela funciona da seguinte forma, estando em qualquer site, basta clicar no ícone da barra no Chrome e então mostrará mais 10 opções, a facilidade da ferramenta é que mostra uma imagem de cada site com o nome e snippet. Assim, é possível saber rapidamente se vale à pena clicar e avaliar melhor.

Se precisar de mais opções, basta clicar em “get more results” e o será redirecionado para a página do aplicativo, que listará mais opções. É super fácil e prático de usar, não tem muito segredo.

Nota: O Google também tem seu aplicativo que faz o mesmo serviço, chamam-se “Páginas semelhantes do Google” e funciona da mesma forma.

2 – Fresh Web Explorer

Ferramenta para monitorar menções sobre um determinado assunto, com ele é possível ver os resultados mais recentes divulgados na web, em fóruns, blogs e press releases.

fwe

Com FWE pode-se fazer uma pesquisa por uma determinada URL ou ainda por determinadas palavras-chave, o que no caso tem mais sentido para o levantamento, ou seja, digite a palavra que deseja e a página exibirá os resultados, depois é só avaliar os sites. O problema é que para usá-la é necessário ter assinatura no SEOMoz.

3 – Bluenod

É uma ferramenta muito simples para visualizar comunidades a partir de um determinado perfil do Twitter, ou seja, ela permite explorar o perfil de pessoas e empresas mais influentes.

blue

Na caixa de busca do aplicativo, você insere o @username da pessoa ou a #hastag que pretende avaliar, então é realizada a busca que mostrará os perfis mais influentes sobre aquele assunto. O tamanho do círculo é que indica a relevância.

Para o levantamento pode ser usado como uma opção para encontrar influenciadores de um determinado nicho, depois é só clicar no perfil e ver se a pessoa possui um blog. Fácil, não é?

Aos poucos você irá descobrir outras opções para fazer o levantamento, mas a principal questão é a atenção para não sair muito do próprio nicho, pois quanto maior a relação do seu site com o blog que encontrou maior será a relevância do guest post.

Achei um blog, o que faço?

Agora começa a parte que precisa ser mais criterioso: a avaliação! Não é qualquer site que pode ser escolhido para enviar a requisição. Lembre-se sempre que se o seu conteúdo for de qualidade, o blog também precisa estar no mesmo nível, tanto em relação ao nicho quanto no critério de qualidade. Faça um check-list que ajudará muito.

……………………….avaliar…….

Por isso, investigue, estabeleça critérios para a escolha de blogs, não saia despejando conteúdo para todos os lados, além disso, existem outras dicas, veja só:

1 – Verifique a relação com o nicho: se o seu site vende acessórios para informática, não é interessante enviar um guest post para um blog de moda, pois provavelmente não é o seu público-alvo, e por tanto, pode trazer uma experiência negativa para os leitores. O nicho não precisa ser idêntico, mas precisa de alguma forma ter relação.

2 – Propaganda: propaganda em excesso no blog causa uma poluição visual muito grande, sites com adsense em formato de imagens e em palavras, sobrecarregam o artigo com assuntos indesejados e deixam a leitura desagradável. Outra questão, é que esse tipo de blog, geralmente tem um conteúdo de baixa qualidade. Não é sempre, mas acontece. Tenha cuidado!

3 – Erros ortográficos: ao encontrar um site, leia atentamente alguns posts já publicados. É claro que os erros podem acontecer, mas se a frequência é muito grande é melhor tomar cuidado.

4 – Categoria para convidados: se você encontrou um blog que possui algum aviso de que aceita parcerias, a probabilidade do blogueiro aceitar o seu conteúdo será maior. Então, aproveite e pesquise por blogs com categorias:

  • Escreva para nós
  • Seja um parceiro
  • Guest Post
  • Envie seu post
  • Contribua
  • Faça parte da nossa equipe

5 – Experiência: avalie como será a experiência do seu público no site. Analise o layout, estrutura de pesquisa e categorias, se você não tiver uma experiência positiva, pode ser que os outros leitores também não tenham e isso não é bom.

6 – Métricas: verificar as métricas do blog é muito importante, elas ajudam a ditar a qualidade do domínio e se existe uma audiência significativa e engajada. A quantidade de interação dos seguidores e fãs também conta, pois cada vez mais os buscadores têm considerado esses sinais.

7 – Organização: sempre que começar uma estratégia este será um dos principais fatores, e para o levantamento, não é diferente. O ideal é criar um documento com blogs que já entrou em contato e os que foram reprovados por sua análise. Assim, evita-se entrar em contato repetidamente com o mesmo blogueiro ou avaliar duas vezes um blog.

8 – Percepção: é possível fazer uma lista enorme com dicas, mas o que vale nesse momento é a percepção sobre o blog, o chamado “feeling”, existe critérios que fazem desconsiderar um blog de cara, mas alguns pontos podem ser deixados de lado quando algo supera as expectativas.

Ou seja, procure muito e só depois de avaliar o site é que deve entrar em contato com o webmaster e sugerir o interesse na parceria. E, então, se o blogueiro aprovar a requisição, comece a criação de um conteúdo novo e exclusivo, fique preparado para escrever sobre qualquer assunto relacionado ao seu nicho.

E depois?

Depois de ter o conteúdo publicado, agradeça a parceria e mantenha o diálogo com o blogueiro, adicione-o nas redes sociais, mostre que está ativo e se puder, envie mais artigos. Ou então, comece tudo outra vez e encontre novas oportunidades. O trabalho pode ser contínuo e só a prática levará a perfeição.

Em resumo, o trabalho de levantamento de oportunidades para inserir um guest post é inicialmente muito difícil e deve ser feito de forma cautelosa e criteriosa, mas se feito corretamente trará grandes benefícios para o site. E outra, com o tempo ganha-se experiência e percebe-se como é fácil conseguir um link de qualidade.

E você, tem outra dica de levantamento e critérios para avaliação? Comente.

Bom trabalho! 🙂

Comments

comments

Bacharel em Hotelaria, entrou para o mundo de Marketing Digital em 2011, quando começou a trabalhar como Social Media. Atualmente, trabalha como Coordenadora na Enlink. Nas horas vagas adora passar o tempo com seus pets.