Curadoria de Conteúdo para Redes Sociais

Curadoria de Conteúdo para Redes Sociais

Você pode não saber, mas a curadoria é algo extramente importante para um site ou blog e é uma das tendências no que diz respeito à criação de conteúdo de qualidade. No entanto, o termo é pouco utilizado ou conhecido, assim como a sua prática.

Para começar, o que é curadoria?

“Curadoria de conteúdo é o ato de constantemente identificar, selecionar e compartilhar os melhores e mais relevantes conteúdos online, tais como posts, fotos, vídeos, ferramentas, tweets ou qualquer outro sobre um tema específico para corresponder às necessidades de um público também específico.”

Resumindo a definição encontrada no artigo postado no site Mídias Sociais, curadoria de conteúdo significa ‘garimpar’ informações relevantes a respeito de um tema e compartilhá-las com um público específico.

Parece simples, a princípio. A dificuldade surge, porém, ao considerarmos a quantidade – e principalmente a velocidade – de conteúdo que é criado e compartilhado na web.

São inúmeros vídeos carregados por minuto no Youtube, assim como infinitos posts são escritos e publicados em milhares de blogs e sites, além das mensagens e imagens postadas no Facebook, Twitter e demais redes sociais. É justamente devido a essa infinidade de possibilidade de textos e informações que o acompanhamento de tudo isso se tornou um grande desafio.

Então, o que pode ser feito para ministrar e ter acesso aos conteúdos mais importantes? É aí que entra a curadoria. A prática, como já dito, funciona como uma espécie de filtro de informações, que são organizadas de modo que o que for selecionado tenha sentido e valor contributivo para o público em questão. Afinal, nem tudo que é publicado na internet vale a pena ser “consumido” ou compartilhado.

Como a curadoria pode ajudar na criação de conteúdo?

É simples, ao ‘curar conteúdo’, é possível ter acesso a textos com informações mais concretas e significativas. Assim, com uma boa fonte, a chance de criação de um novo texto de qualidade elevada, aumenta.

Uma maneira de filtrar e selecionar conteúdo é usar as redes sociais, que são os melhores meios de propagação de informações da internet e estão em seu auge. Por isso, elas são extremamente eficientes para quem quer ter acesso a notícias, imagens, vídeos e textos e utilizar todas essa informações para criação de conteúdo.

No entanto, não basta criar perfis e seguir ou curtir a esmo diferentes usuários e páginas. Para que haja a real e eficaz curadoria de conteúdo, é preciso elaborar uma segmentação e fazer uma seleção de informações, por temáticas, por exemplo. Nesse sentido, é possível supor que uma pessoa que cria conteúdo para um blog focado em link building não ganha nada ao seguir e acompanhar fontes que falem sobre moda ou carros. Isso porque essas temáticas não acrescentam nem compartilham conhecimentos que possam ser considerados de interesse em comum.

Por isso, é importante buscar acompanhar sites, blogs ou perfis que façam parte do mesmo segmento e realidade para a qual o conteúdo será criado. Então, é só sair copiando textos ou ‘reblogando’ e ‘retwittando’ tudo o que tenha a ver com o meu site/blog?

Não. Isso também não faz parte da curadoria. Para que haja real curadoria, é importante se perguntar: a informação ou notícia escolhida acrescenta algo ao meu público? Se a resposta for não, de nada adianta compartilhar ou investir em uma pesquisa mais detalhada no assunto.

A curadoria de conteúdo, portanto, só existe e acontece quando: há uma seleção e uma análise do conteúdo escolhido, para que então, a informação seja compartilhada ou se torne fonte de uma nova pesquisa para criar um conteúdo inédito.

 

Mas afinal, qual a importância da curadoria de conteúdo?

A curadoria é importante e se faz necessária porque, com ela, é possível aproveitar as informações divulgadas na web, eliminando o que for excesso ou o que for irrelevante a determinado público. Além disso, graças à curadoria, ao invés de criar “novos conteúdos” que seriam desnecessários, é possível melhorar o que já existe.

Por isso, na era da tecnologia e das redes sociais, quando grandes empresas divulgam seus serviços e produtos em redes sociais, como Facebook, Twitter, Tumblr e Pinterest, por exemplo, é preciso que haja profissionais capazes de transformar o excesso de informação em conteúdo aproveitável.

Para finalizar, é importante frisar que a curadoria peneira informações desnecessárias e proporciona legitimidade e confiabilidade a um conteúdo, e seus curadores, montando textos originais e dinâmicos, ganham credibilidade, conquistando não apenas novos leitores, mas também futuros clientes, em caso de empresas.

Comments

comments

Trabalha na Enlink desde Fevereiro de 2012 e se identifica cada vez mais com o setor de produção e análise de conteúdo online. Cinéfila assumida, tem também uma apreciação nada secreta por literatura, música e seriados. É apaixonada por animais – especialmente gatos.