Como Escrever Títulos de Blog Memoráveis

Por 9 de janeiro de 2013 agosto 21st, 2017 Marketing de Conteúdo

Indispensável em qualquer texto, o título é o diferencial de inúmeros materiais. Responsável por atrair a atenção do leitor, ele pode ser o único motivo capaz de cativá-lo a conferir determinado conteúdo.

Na internet, a situação não é diferente: o título tem um papel fundamental na construção de artigos, newsletter, e-mails, páginas de sites, entre muitos outros projetos. O grande desafio do redator web, porém, é conseguir criar um título criativo, informativo e, ainda por cima, otimizado – sendo capaz de agradar, não apenas o leitor, mas também os robôs dos mecanismos de busca.

Por essas e outras razões é que criar bons títulos para a internet não é uma tarefa das mais fáceis. A sorte, no entanto, é que é possível encontrar boas dicas para facilitar o trabalho de qualquer redator web. Confira algumas delas!


Via: Free Digital Photos.

Defina o seu objetivo

Para começar, você deve definir o que deseja causar com seu título. Sua intenção é resumir o texto elaborado, antecipar dados importantes, gerar suspense ou, até mesmo, dar destaque para alguma marca ou palavra-chave?

Escolha de acordo com o objetivo do material produzido, combinando o título com a abordagem do texto. Ou seja: matérias com um “Q” jornalístico, por exemplo, normalmente contam com títulos informativos, chamando a atenção para dados, números e fatos. Já textos construídos em forma de listas ou tópicos podem se aproveitar de títulos que resumam o assunto a ser abordado, numa espécie de introdução ao tema.

Comece com um brainstorm

Definida a real intenção do título é hora de testar possibilidades. Reúna palavras e expressões que possam estar associados ao seu tema, na tentativa de criar um título que corresponda às suas expectativas.

Outra opção é conferir todo o texto em busca de inspiração, selecionando trechos de destaque, anotando observações e combinando ideias.


Via: Free Digital Photos.

Relacione informações

Ainda na busca por um “insight”, procure por frases e informações de seu próprio artigo para criar um bom título. Reflita, por exemplo, se é possível torná-lo mais interessante citando dados relevantes, números de pesquisas, afirmações de entrevistados, frases de efeito e outras possibilidades.

Utilize palavras-chave

Na hora de criar o título é importante ter em mente que o seu conteúdo deverá ficar disponível e acessível para os usuários e os mecanismos de busca. Pensando nisso, não hesite em usar palavras-chave no título, sempre que possível.

Esse cuidado garante que seu material seja encontrado com mais facilidade através dos resultados de pesquisas, sem passar despercebido pelos motores de busca e, muito menos, pelo usuário. Nesse caso, portanto, metáforas, trocadilhos, jogos de palavras, caracteres especiais e outras “brincadeiras” não são aconselháveis.

Crie títulos curtos

A regra é: quanto menos, melhor. Títulos curtos, no geral, garantem um rápido entendimento e a fácil memorização do conteúdo. Além disso, mesmo não se prendendo ao limite de 65 caracteres (como acontece com os títulos de páginas web), os títulos na redação para a internet exigem uma maior concisão, afinal, podem ser exibidos em espaços reduzidos, como a tela de celulares e outros dispositivos móveis com poucas dimensões.

Para criar títulos curtos a dica é cortar palavras desnecessárias e evitar o uso de artigos. Agora, caso seja, realmente, necessário optar por títulos extensos, recorra ao uso de separadores como traços, hifens, vírgulas e dois pontos, por exemplo.


Via: Free Digital Photos.

Seja claro

Impresso ou virtual, é imprescindível redigir textos de acordo com a norma culta da língua, respeitando regras como as de ortografia, acentuação e pontuação. É importante lembrar, porém, que escrever corretamente não significa “escrever difícil”.

Para os títulos, utilize palavras simples, de uso comum, com fácil leitura e entendimento. Além disso, se optar por termos técnicos, verifique se estão de acordo com a linguagem de seu público-alvo.

Valorize a sua palavra-chave

Dependendo da finalidade do material produzido, é válido utilizar palavras a fim de “valorizar” certos termos. Artigos sobre produtos e serviços, por exemplo, podem recorrer a adjetivos como “os melhores”, “os mais modernos” e “as mais bonitas” na tentativa de atrair o interesse do leitor. A ordem, porém, é não exagerar nas atribuições e utilizar palavras usuais, comumente utilizadas pelos usuários.


Via: Free Digital Photos.

Desperte a curiosidade

Textos em tópicos e listas são capazes de agradar inúmeros leitores. Pensando nisso, aproveite para despertar a atenção do usuário com títulos como “os 10 melhores”, “8 dicas para”, “as 5 vantagens” e, até mesmo, “motivos para comprar”.

Títulos dessa forma prometem cumprir a função de serem informativos e apelativos, ao mesmo tempo. Além disso, termos como “conheça”, “aprenda” e “saiba mais” também são boas opções para chamar a atenção do usuário.

Jamais engane o leitor

Para completar, nunca utilize palavras que não estejam relacionadas ao real tema do seu artigo. Mesmo que sejam termos muito procurados pelos internautas ou responsáveis por causar impacto, esse tipo de prática é capaz de prejudicar o seu conteúdo. Isso porque, além de desviar a atenção de quem, realmente, está interessado no tema, ainda irrita os usuários que clicaram no conteúdo, perdendo a credibilidade de leitores.

Comments

comments

Ana Carolina Meller

Sobre Ana Carolina Meller

3 Comentários

  • Eu gosto de usar no título uma espécie de resumo do que a página vai mostrar para a pessoa. Sendo o mais claro e curto possível. Mas quando eu crio uma página que é para uma palavra-chave bem long tail como por exemplo, “o que é seo” não tem muito o que inventar no título é usar a palavra-chave, ver se cabe algo que pode “chamar” cliques e pronto.

  • Fernanda disse:

    Parabéns pelo artigo Ana, acho que é bem por aí mesmo.

    Criar títulos para que os textos sejam lidos na web é praticamente uma arte. hehe

Faça um comentário