Como Divulgar Conteúdo?

Como Divulgar Conteúdo?

A internet se tornou, nos últimos anos, um dos meios de comunicação mais eficientes e com alto poder de divulgação. As grandes marcas espalhadas pelo mundo encontraram na web uma nova forma de divulgar suas ideias, produtos e marca.

Um exemplo disso foi a iniciativa que o banco Itaú teve recentemente. Com o intuito de chamar a atenção de seus clientes a respeito do boleto digital, a marca utilizou um viral da internet e chamou a atenção de clientes no mundo todo.

A ‘propaganda’ não tem nenhum tom comercial, pois foi justamente uma adaptação de um vídeo caseiro, e é direcionada especificamente para clientes do banco. Mesmo assim, o Itaú conseguiu novos fãs, que acessam a todo instante seus perfis em redes sociais e o seu canal no Youtube.

Com isso, o banco conseguiu milhares de textos e comentários na internet (ou seja, Buzz!), que parabenizam a iniciativa, já que ela demonstra que a marca está antenada e conhece o poder do mundo da web.

Além da inovação de utilizar um viral como propaganda, o Itaú sabe aproveitar as redes sociais. Prova disso é a página da empresa no Facebook. Como o vídeo fez sucesso, o espaço é atualizado constantemente com informações relacionadas. Na imagem acima, eles falam sobre o sucesso do bebê e divulgam um novo toque para o celular, com a risada mais famosa da internet.

Com essas atitudes, a marca perde aquela cara de ‘empresa toda poderosa’ e se aproxima das pessoas, tornando-se mais humana.

E é disso que as pessoas gostam.

Mas, afinal o que é buzz?

Traduzindo para o bom português, a palavra pode ser entendida como ‘barulho’ ou ‘falação’. Para o mundo da web significa que seu conteúdo, seja de um blog ou rede social, site comercial ou não, está sendo lido e comentado por pessoas conectadas na rede.

Dessa forma, gerar Buzz significa que as pessoas tomaram conhecimento sobre as informações divulgadas em seu conteúdo e que ele está sendo analisado, comentado e criticado pelos internautas mundo afora.

O objetivo é criar um buzz positivo, afinal, ninguém quer internautas atacando as ideias expostas em seu conteúdo e ter sua imagem prejudicada na web. Portanto, leve a relevância e formatação das ideias expostas em seu conteúdo a sério e se o material for comercial, preocupe-se em abordá-lo de forma mais branda e se possível, incluindo alguma informação que o remova da zona promocional, caso contrário o conteúdo pode trazer rejeição por parte do público.

Por isso, utilizamos o Itaú como exemplo.  O banco, assim como outras grandes empresas, soube aproveitar a internet e conseguiu mais comentários, mais pessoas acessando seu site e, provavelmente, mais clientes.

Como gerar Buzz?

Você não precisa trabalhar para uma empresa de grande porte como o Itaú, para querer gerar Buzz. Basta ter um blog ou um site e querer que seu conteúdo seja acessado e, principalmente, comentado e compartilhado por aí. E para que o ‘falatório’ a respeito de seu conteúdo não tenha um efeito negativo, alguns cuidados são necessários:

– É primordial ter em mente qual é o tipo de público a ser atingido. Analisar características, como estilo de vida, interesses e idade, é muito importante, pois assim é possível fazer um direcionamento de seu conteúdo para as pessoas certas;

Seja criativo. Talvez existam milhares de sites ou blogs que tratam sobre o mesmo assunto e apresentam o mesmo conteúdo. Por isso, é fundamental ser criativo e tratar o assunto de maneira inusitada. Essa é uma forma de chamar atenção e fazer com que as pessoas analisem o tema ou assunto tratado com outra perspectiva;

Tenha um apelo. Tente sempre provocar o seu público leitor, fazendo-o rir ou se emocionar. Mas lembre-se: as pessoas só transmitem ou repassam o que for relevante, de fato;

Otimização do conteúdo. Além de criativo, seu espaço na web deve ser encontrado facilmente pelo internauta;

– E, por fim, use e abuse das mídias sociais para divulgar seu conteúdo na rede.

Quanto mais criativo, relevante e curioso seu conteúdo for, mais visível, mais links e mais buzz ele terá.

Quer saber mais? Esses textos podem te ajudar: Buzz: Aprendendo a escutar consumidores na Mídia Social e Ouça o Buzz dos seus clientes.

 

Comments

comments