Como escolher uma plataforma de e-commerce

Por 14 de maio de 2014 E-commerce

Começar uma atividade de vendas na internet parece ser muito simples para os consumidores, mas poucos sabem que escolher uma plataforma de e-commerce nem sempre é uma tarefa fácil. São vários os pontos que o lojista precisa estar atento antes de iniciar suas vendas online. O importante é seguir o pensamento: sua loja virtual é tão importante quanto a física. Assim, é extremamente necessário escolher uma plataforma que seja eficiente e ágil para a administração no dia-a-dia. E se o assunto é marketing online, é claro que a Enlink dá aquela força!

Saiba como escolher uma plataforma de e-commerce para suas necessidades

plataformas-ecommerce

Antes de tudo, é necessário estar ciente de que a troca da plataforma de comércio eletrônico sempre é uma operação difícil (quase traumática), o que dá ainda mais importância à hora de escolher a melhor opção para o seu negócio. Isso vale para um iniciante no ramo de vendas online e até mesmo para veteranos que estejam insatisfeitos com seu sistema de e-commerce atual. Outro passo bastante importante é manter pré-determinado o objetivo do seu projeto e, não menos bem planejado, o orçamento que será envolvido no investimento da loja virtual.

As opções de plataformas variam de acordo com as exigências que o próprio logista determina para o negócio. Muito comum no mercado, as plataformas open source andam lado a lado com plataformas alugadas e plataformas totalmente customizadas – cada uma delas possui suas características únicas, mas é possível determinar alguns itens em comum entre as mesmas que são fundamentais para o bom desempenho a curto e longo prazo. De forma básica, checar alguns critérios para escolher a melhor plataforma se tornou uma tarefa fundamental para os novos empresários virtuais:

– O tempo de serviço prestado pela empresa fornecedora da plataforma;
– Experiência atual dos clientes que fazem uso de tal sistema;
– Opinião de usuários atuais (sejam eles grandes marcas ou microempresários);
– Nível de satisfação sobre o desempenho do provedor de hospedagem;
– Opção para futuras expansões no sistema operacional.

plataformas-ecommerce1

Tomando partido de tais itens, você irá conseguir determinar a solidez da empresa que pensa em contratar. E é exatamente essa solidez que irá livrar-lhe de futuros problemas. Além disso, é claro, existe a possibilidade de expansão dos negócios.

Alguns recursos técnicos também são de extrema importância na hora de escolher a plataforma do seu e-commerce. A falta de algum deles, mesmo que mínima, pode comprometer severamente o sucesso na web.

– Possuir estrutura e recursos para manter um processo de SEO de acordo com as exigências (URLs amigáveis, meta tags únicas, redirect 301);
– Manter boa integração com sistemas de monitoramento de métricas, como o Google Analytics;
– Integração com links patrocinados e geração de visitas como o Google AdWords;
–  Identificação de relatórios gerenciais e níveis de customização oferecida para o contratante;
– Adaptação e bom funcionamento da plataforma para dispositivos móveis (se possível, tatue este item no braço para nunca mais esquecer);
– Diversidade na escolha de formas de pagamentos;
– Oferta de integração nas mais variadas redes sociais, como forma de engajar tanto a marca quanto o serviço na rede;
– Qualidade dos recursos sobre a segurança nas transações feitas entre consumidores e comerciante (SSL, sistemas antifraude).

plataformas

De acordo com o tempo (e também com a exigências do consumidor), esses e vários outros check lists que auxiliam na escolha da plataforma de e-commerce sofrem grandes e sérias mudanças. Por isso, cabe ao profissional de marketing estar sempre atualizado sobre o assunto e às novas formas de praticar um comércio virtual de qualidade. Lembre-se: um plano de negócios de e-commerce é a base para um projeto de sucesso. A questão é não apenas escolher uma boa plataforma, mas também ter noção das necessidades atuais e futuras – estas irão surgir de acordo com a evolução do projeto.

Andando sempre ao lado de outras atividades como Gestão de Conteúdo, Planejamento, Logística, serviços de Social Media e SEO on page/off page, o e-commerce é determinante para manter a satisfação do consumidor perante seus produtos e serviços.

Links úteis:

What is E-Commerce? (vídeo)
Como produzir conteúdo de qualidade para SEO
O basicão de SEO para e-commerces

Agora é colocar a mão na massa e fazer um bom trabalho! 😀

Comments

comments

Marcus Paulo Gonçalves

Sobre Marcus Paulo Gonçalves

Formando em Publicidade e Propaganda pela UDC, estagiou como Cinegrafista na Foz TV e como Auxiliar Administrativo, na Secretaria Municipal de Turismo de Foz do Iguaçu. Entrou para a equipe Enlink em 2012, saiu em 2014 e retornou em 2018. Atua como Assistente de Marketing Digital.

Faça um comentário