Bitcoins: conheça algumas informações básicas sobre esta moeda virtual

Bitcoins: conheça algumas informações básicas sobre esta moeda virtual

É cada vez menos comum realizarmos pagamentos com dinheiro vivo, e assim nos aprofundamos mais em transações virtuais, cartões de crédito e bancos online. Com o avanço da tecnologia, portanto, surgiram várias moedas virtuais, tendo como a mais popular o Bitcoin.

Para inteirá-los um pouco mais sobre a polêmica acerca da moeda, neste artigo vamos conhecer um pouco a respeito dos Bitcoins, o dinheiro sem interferência do Estado.

Como surgiu?

O conceito do que seria uma cripto-moeda surgiu em 1998, por Wei Dai, em um grupo de discussão sobre criptografia, chamado Cypherpunk. Apenas em 2008, entretanto, um sujeito com o pseudônimo de um hacker ou de um grupo de hackers (não se sabe ao certo), Satoshi Nakemoto, publicou um artigo científico sobre o Bitcoin. Em 2009 a rede entrou em funcionamento, se tornando a primeira rede descentralizada “peer to peer”, isto é, sendo alimentada por seus próprios usuários igualmente, como é o caso do Torrent, uma rede descentralizada sem nenhuma intervenção de autoridade central.

O que é um Bitcoin e como funciona?

O Bitcoin é uma cripto-moeda que permite um novo sistema de pagamento completamente digital. Ninguém controla a rede de Bitcoins, desta forma o usuário pode escolher qual software e versão pretende usar, sendo todos os softwares compatíveis.

O usuário deve abrir/baixar uma carteira Bitcoin, que automaticamente irá sincronizar com toda rede Bitcoin. A rede mantém ainda o anonimato de todos os participantes.

bitcoin-03

Nesta carteira serão realizadas as transações financeiras com os outros usuários, como enviar e receber Bitcoins. Ela pode ser instalada em seu computador, em nuvem ou até mesmo no smartphone, na forma de códigos de 64 caracteres cada.

Como exemplo de algumas carteiras para Bitcoins temos: Blockchain, Multibit, Bitcoin-QT, Coinbase, Electrum e Hive. Você pode ainda, através das mesmas, enviar, receber e armazenar Bitcoins.

A transferência é rápida. Para realizá-la o usuário deve preencher o valor da quantia através do programa selecionado, assinar digitalmente com a sua chave privada e adicionar o código do usuário que irá receber o valor. Verificado pelos mineradores, se todos os dados estiverem corretos, a transação é realizada, e o saldo na carteira de cada usuário é atualizado com sucesso.

Mas, atenção: é impossível reverter a transação realizada, logo, é importante manter a atenção com relação aos valores e dados da carteira de cada usuário.

Bolsas para compra e venda de BitcoinsBitcoin to YouBasebitMercado BitcoinBitinvestBitstampLocal Bitcoins.

como-funciona-bitcoins

Como é criada a moeda?

As moedas de Bitcoins são criadas através de um processo de mineração, muito parecido com o ouro. Partindo do mesmo princípio, a sua escassez é o que mantém sua cotação elevada, junto com o custo de mineração.

Para realizar a mineração é preciso ter um computador com o software adequado ligado em rede a um conjunto de outros computadores, sendo preferencialmente de outras pessoas ou mesmo de organizações. A rede “peer to peer” garante a não existência de uma “autoridade” no controle do processo e no valor da cotação, como, por exemplo, o que ocorre em bancos que regulamentam e intermediam negociações, taxas e juros do governo. No Bitcoin, sua transação é quase livre de taxas e impostos, e em poucos segundos transfere-se dinheiro para o exterior ou até mesmo para o seu colega ao lado.

Podemos dizer que o Bitcoin possui um grande potencial em se tornar uma moeda global, tento em vista que não é entrelaçada a nenhum país.

Bitcoin dentro da Deep Web

Obviamente o dinheiro virtual passou a ser utilizado dentro da Deep Web, funcionando como uma economia dentro deste espaço – no qual a navegação é anônima, em navegadores como o Tor.

O Wikileaks, por exemplo, foi um dos sites que receberam várias doações através de Bitcoins.

Há quem diga ainda que devido ao anonimato permitido pela Deep Wep, acompanhado de pagamentos via Bitcoins, a moeda se tornou um prato cheio para criminosos, como a contratação de assassinos de aluguel, compra de armas, drogas, contrabando, entre outros crimes.

Mas, levantamos a questão inversa, afinal, os mesmo crimes podem ser contratados com dinheiro comum, não sendo assim um problema exclusivo da moeda virtual.

Bitcoins são legais ou ilegais no Brasil?

Até o momento não existem leis que regulamentem os Bitcoins no Brasil, então, por enquanto podemos dizer que as transações não são ilegais. Caso uma lei seja criada hoje, a mesma só seria aplicada 45 dias após a data de sua publicação, e todas as transações realizadas antes da lei não sofreriam alteração (a não ser em favor do réu).

Se tratando de empresa, a mesma teria que declarar os ganhos em seu imposto de renda, e dependendo de seu rendimento anual, proporção de investimento e retorno, haveria então a possibilidade de uma malha fina.

Alguns sites que aceitam pagamentos em moeda virtual:

LojacoinsUnixstickersLiberdin NewlogeBitscoinshopCoinmap – encontra lojas que aceitam pagamento em Bitcoins em várias partes do mundo.

duvidas-sobre-bitcoins (1)

O atual crescimento das moedas virtuais atrai o interesse de milhões de pessoas, mas ainda assim o mundo fora da internet enxerga os Bitcoins como algo pouco significativo, uma “brincadeira” para nerds.

Acredita-se que em um futuro próximo, modelos substitutos da moeda virtual tomem conta do mercado, tendo em vista seu alto potencial em constante crescimento.

Gostou? Quer saber mais sobre o assunto? Confira então este guia prático em vídeo aula para iniciantes por Dâniel Fraga, clique aqui.

Imagem via  Saiba na Web 

Comments

comments

Bacharel em Direito, entrou na agência Enlink em 2011. É feminista e defensora dos animais. Nas horas vagas gosta de tocar piano, guitarra, cantar e fazer música (de preferência Rock ‘n’ Roll). Adora games e internet (é claro!).