10 dicas que todo Link Builder deve saber

By 30 de junho de 2014 Link Building

Construção de relacionamento no link marketing é uma parte essencial do trabalho off-page. Para buscar parcerias de publicações de artigos, reviews e sorteios é importante saber “conversar” e ter memória boa para lembrar de pontos estratégicos do que o cliente precisa. É algo minucioso e que certas vezes leva boa parte do tempo diário, mas se feito corretamente, pode trazer um ótimo resultado para a ação.

No entanto, ainda há quem tenha dúvidas sobre o trabalho de requisição e a sua importância estratégica, embora seja somente uma parcela de todo um projeto. Não estou falando de apenas criar um link, quero mostrar como esse é um trabalho cheio de detalhes, que não merecem ser esquecidos. Confira 10 dicas para deixar o trabalho do relações públicas online ainda melhor:

1 – Saiba a importância de um backlink

Sim, algo muito básico, mas nota-se que em alguns casos falta compreensão sobre o assunto. Fazer todo um trabalho, enviar um texto e no final esquecer do link. Parece brincadeira, mas na falta de atenção é comum acontecer. Se você entende sobre o conteúdo e a importância da ação para a estratégia, dificilmente esquecerá.

Para entender: além de trazer visitas, um backlink é importante para ajudar na indexação de páginas e palavras-chave. Não deixe de pesquisar melhor se não souber todo o conceito!

importancia_backlink_qualidadejpg

2 – Tenha conhecimento suficiente para avaliar um link bom e um ruim

Saber avaliar uma oportunidade de trabalho é vital para a ação. Nem todo site é bom, existem ainda aqueles ótimos, mas desatualizados ou sem qualquer cuidado com o conteúdo. Pode-se dizer que para uma análise rápida, 5 segundos bastam para dizer se o blog tem o que precisa, se está dentro do padrão necessário, levará mais 5 minutos para vasculhar e tomar uma decisão.

3 – Vasculhe ferramentas

Existem ferramentas que podem ajudar a encontrar oportunidades de ação facilmente. Já falamos sobre o Follower Wonk, SEM Rush e até o próprio Adwords mostra opções de blogs. Além disso, para avaliar cada métrica dos sites, o MOZ é lindo! Além do velho Page Rank, que não é um fator decisório, mas muito importante no contexto geral da análise.

4 – Mas, saiba trabalhar sem elas também

A questão é saber também trabalhar com poucas opções, isso mostrará a qualidade e empenho que demonstra sobre seu trabalho. O próprio Google tem infinitas opções de filtros de pesquisa, saiba usá-las!

5 – Confira sempre as métricas dos sites

Métricas ajudam a guiar o trabalho! Antes de saber avaliar, contudo, anote o que é importante, além disso, saiba o que significa cada um dos pontos. Uma grande falha do trabalho e do profissional de RP é somente seguir o que foi solicitado, sem entender o real motivo. Pesquise, mas não faça nada sem saber.

6 – Mas, não seja obsessivo por elas

Saiba identificar pontos fortes de cada site. Isso é importante, pois com o tempo será cada vez mais difícil encontrar oportunidades novas e boas. Leve em consideração o que nunca deve ter no site (ads em excesso, layout ruim, conteúdo de baixa qualidade) e, a partir disso, saberá quando aceitar sites pequenos.

7 – Confira se o site está indexado

Imagine conferir todo esse processo de métricas e pesquisa, depois ter uma aprovação do cliente, aprovação do webmaster, criação e publicação de conteúdo de qualidade e, para sua falta de sorte, esqueceu de conferir se o site está indexado? Se esse ponto não está alinhado, significa que algo no blog está errado. Penalização é um dos pontos a ser considerado neste caso.

google-site-indexado

8 – Saiba conversar com seu público-alvo

É imprescindível adaptar a linguagem para cada requisição feita aos blogueiros. Seja receptivo e aprenda a ser solícito. Por vezes, você pode receber uma resposta “curta e grossa”, mas contorne a situação, mostre os pontos positivos do seu contato.

9 – Não se esqueça dos acordos

Caso tenha realizado algum tipo de acordo para conquistar a parceria, como divulgações, valores, produtos ou novos artigos, NUNCA esqueça! E além de ser muito ruim receber cobranças do blogueiro, um simples esquecimento pode representar falta de profissionalismo e comprometimento. Se não conseguir cumprir no prazo, mantenha quem for necessário informado. Assim facilitará a preservação de sua credibilidade e a da marca. Você fala pelos dois!

10 – Tente mais de uma vez

Fez um primeiro contato com o blog e não obteve resposta? Tente mais de uma vez, por canais diferentes e, principalmente, se não conseguir, guarde o blog e depois de alguns meses retorne o contato. Se não receber resposta nenhuma vez, pode ser que o webmaster não tenha recebido a requisição. Então, não perca um blog bom por “preguiça” de tentar.

Extra: Saia da sua zona de conforto

Aprenda a analisar resultados, mude o formato da requisição, o tipo de abordagem, o formato de pesquisa de blogs, os tipos de parcerias e a forma de avaliação. Não tenha medo de ousar, afinal, link marketing e todos os conceitos da estratégia estão evoluindo conforme a dança do Google. Mostre que pode melhorar sempre e não espere ser cobrado por algo!

zona_de_conforto_saia_disso

Imagens via: Ciencia e Tec – Mashable.

Gostou das dicas? Comente e bom trabalho. 🙂

Recomendamos para você

Comments

comments

Katleen Abdala

About Katleen Abdala

Bacharel em Hotelaria, entrou para o mundo de Marketing Digital em 2011, quando começou a trabalhar como Social Media. Atualmente, trabalha como Coordenadora na Enlink. Nas horas vagas adora passar o tempo com seus pets.

Leave a Reply